quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Oscar 1962 - Julgamento em Nuremberg


Judgment at Nuremberg, um dos cinco concorrentes na categoria principal dos Academy Awards, em 1962, é apontado, até hoje, como um dos grandes filmes de tribunal de todos os tempos. Nomeado em outras dez categorias, incluindo Direção e duas vezes Melhor Ator (Spencer Tracy e Maximilian Schell)  - e levando duas estatuetas para a casa -, o longa de Stanley Kramer nos apresenta uma história baseada em fatos verídicos, especialmente o caso Katzenberger, um dos julgamentos dos Processos de Guerra de Nuremberg. O roteiro ficou a cargo de Abby Mann, criador da série televisiva Kojak.

Três anos depois do término da Segunda Grande Guerra, Dan Haywood (Spencer Tracy), um juiz aposentado do Maine, é escolhido para chefiar o julgamento de quatro juízes alemães acusados de crimes de guerra. Um deles é Ernst Janning, ex-Ministro da Justiça, interpretado por Burt Lancaster.

Com um elenco estelar, encabeçado por Tracy, o filme conta ainda com Judy Garland, Marlene Dietrich e Richard Widmark. Atenção especial para a atuação de Montgomery Clift e Garland - indicados na categoria coadjuvantes e preteridos por George Shakiris e Rita Moreno, de Amor, Sublime Amor.

PERFIL: Maximilian Schell

Maximilian Schell é um ator, diretor e produtor austríaco, filho de um dramaturgo e de uma atriz, e que estreou no cinema alemão em meados da década de 1950.

Em 1958, estreia em Hollywood, com o filme Os Deuses Vencidos. Quatro anos depois ganha o Oscar de Melhor Ator por sua atuação como Hans Rolfe, o advogado de defesa no filme  Julgamento em Nuremberg.

Na década de 80, roda o documentário Marlene, sobre a vida da diva Marlene Dietrich, sua colega de elenco em Judgment at Nuremberg, conquistando vários prêmios.

CURIOSIDADES: Você sabia...

... que o filme marcou a estreia do eterno Capitão Kirk, William Shatner, na tela grande?

... que a história já havia sido apresentada, em 1959, na forma de novela, interpretada por Claude Rains e Paul Lukas?

... que o filme teve um remake, nos anos 2000, estrelado por Alec Baldwin e Brian Cox?

INDICAÇÕES / PRÊMIOS:
  • Melhor Roteiro Adaptado
  • Melhor Ator - Maximilian Schell
  • Melhor Filme* Melhor Direção
  • Melhor Edição* Melhor Figurino
  • Melhor Fotografia* Melhor Direção de Arte
  • Melhor Ator - Spencer Tracy
  • Melhor Ator Coadjuvante - Montgomery Clift
  • Melhor Atriz Coadjuvante - Judy Garland

3 comentários:

Jack, The Ripper disse...

Parece um filme interessante, especialmente pela participação de William Shatner. E quanto ao remake do mesmo, é um filme bom?

@Raspante disse...

Acredita que estou com este filme aqui para ver e ainda não vi ?
Ver seu post agora, foi um bom lembrete para mim, hehehe.
Ótimo post!
Abs.

LuEs disse...

Esse foi o último filme a que assisti e, honestamente, achei-o muito muito! Muito bom mesmo, decerto um dos melhores filmes de tribunais...
Agora quero conhecer o remake dele, mesmo imaginando não ser equivalente em qualidade ao filme original.

diHITT - Notícias