segunda-feira, 19 de julho de 2010

Oscar 1981 - Melvin e Howard


Imagina um cara bacana, mas sem um pingo de sorte. Pois bem, esse cara existe e atende pelo nome de Melvin. Uma noite, porém, as coisas parecem mudar para ele - e tudo por causa de uma carona. Viajando pelo deserto, Melvin ajuda um desconhecido que acabara de se acidentar. O estranho se apresenta como Howard Hughes, um famoso - e excêntrico - milionário. Melvin, evidente, achou que era piada. Mas algum tempo depois, nosso herói recebe uma carta comunicando o falecimento de Howard e dizendo que, agora, ele era herdeiro de uma parte da fortuna do ricaço.

Dirigido por Jonathan Demme, com roteiro assinado por Bo Goldman, o longa foi baseado em fatos reais e concorreu nas categorias de Melho Ator Coadjuvante (Jason Robards), de Melhor Atriz Coadjuvante (Mary Steenburgen) Melhor Roteiro Original, levando o prêmio nas duas últimas.

PERFIL: Mary Steenburgen
Filha de um condutor ferroviário e uma secretária de escola, Mary Steenburgen nasceu no Arkansas, em 08 de fevereiro de 1953. Apaixonada por artes, começou a fazer teatro ainda na escola. Estreou no cinema aos 19 anos de idade, em "Com a Corda No Pescoço, atuando ao lado de Jack Nicholson. Ganhou o Oscar na sua terceira experiência no cinema, como Lynda Dummar na comédia "Melvin e Howard", dirigida por Jonathan Demme. Um ano depois ela seria indicada ao Globo de Ouro por sua participação em "Na Época do Ragtime", assinado por Milos Forman.

Engajada em causas humanitárias, atua, ao lado da atriz Alfree Wodard, na ONG Artistas para uma África do Sul Livre.

CURIOSIDADES: Você sabia que...

... o Melvin de verdade fez uma pequena aparição no longa?

INDICAÇÕES / PRÊMIOS:
  • Melhor Atriz Coadjuvante
  • Melhor Ator Coadjuvante
  • Melhor Roteiro original



Um comentário:

Dave Coelho disse...

Parabéns pelo texto, Marcelo.
(Papo de blogueiro: quem escreve, sabe que resenhar não é tão fácil qto parece. Às vezes não sei como ocultar/inserir determinado detalhe importante... é osso)xD

Queria ter a determinação de vocês, meninos. Embora eu seja muito disciplinado com filmes, acho que não conseguiria encarar o desafio do Oscar. Mas adoraria ver todos os vencedores da categoria Roteiro Original, que é a minha preferida. Sendo assim, "Melvin e Howard" acaba de entrar pra wishlist.

Abração :)

diHITT - Notícias